MS tem apenas um deputado entre os 100 cabeças do Congresso de 2018

Notícias

18/09/2018
Deputado é único do MS a constar, no mesmo ano, no topo da lista de três institutos que medem desempenho legislativo
Deputado é único do MS a constar, no mesmo ano, no topo da lista de três institutos que medem desempenho legislativo

Lista do DIAP aponta Fábio Trad o único deputado sul-mato-grossense a se diferenciar dos demais pelo exercício de qualidades consideradas importantes para o exercício parlamentar.

 

 

O estado de Mato Grosso do Sul tem um deputado federal no seleto grupo dos mais influentes do Parlamento brasileiro. Publicada pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) no final da tarde desta segunda-feira (17), a lista dos “100 Cabeças do Congresso Nacional” de 2018 aponta Fábio Trad (PSD-MS) como o único deputado sul-mato-grossense a se diferenciar dos demais pelo exercício de qualidades consideradas importantes para o exercício parlamentar.

 

Esta foi a segunda vez que o deputado Fábio Trad esteve entre os 100 mais influentes do Congresso. Em sua primeira legislatura, em 2013, ele já constava na lista dos “parlamentares em ascensão”, aqueles com trajetória ascendente e que poderiam fazer parte da elite do Poder Legislativo. Com destaque na mídia, em 2014 ele estreou na lista dos ‘100 mais’ do DIAP após entregar o novo Código de Processo Civil – sancionado no ano seguinte pela presidente Dilma Rousseff – presidindo por quase três anos a comissão especial na Câmara que debateu e redigiu um texto composto por mais de mil artigos.

 

Para o diretor do DIAP e coordenador do projeto “100 Cabeças do Congresso”, Antônio Augusto de Queiroz, o deputado Fábio Trad reúne as três virtudes exigidas pela publicação, como o quesito institucional, uma vez que é membro titular da principal comissão permanente da Casa.

 

“Além disso, do ponto de vista de reputação, o deputado Fábio Trad é tido como um parlamentar muito respeitado e preparado perante seus colegas, com enorme trânsito em todos os partidos. E, no decisional, se comporta com muita decência, coerência e afinco na defesa de todos os temas que assume”.

 

Responsável por toda a concepção e metodologia do levantamento do DIAP, Queiroz destacou ainda a celeridade de Trad em conquistar posição de protagonismo na Casa.  

 

“Ele assumiu em fevereiro como suplente na atual legislatura e rapidamente recuperou sua capacidade de interlocução e de articulação e, portanto, a sua capacidade influenciar verdadeiramente na agenda legislativa”.

 

Formulador

 

O deputado Fábio Trad foi apontado pelo levantamento do DIAP um dos sete parlamentares formuladores da Câmara Federal de 2018. De acordo com o estudo, “a dinâmica e a agenda do Congresso são fornecidos basicamente pelos formuladores, os mais produtivos e, via de regra, dotados de saber, qualidade intelectual e especialização”. São eles, enfim, que concebem e escrevem o que o Poder Legislativo debate e delibera.

 

De fato, sozinho o parlamentar apresentou 18 projetos de lei, quase a soma (22) dos projetos protocolados pelos sete colegas de bancada neste ano.  

 

A lista de formuladores deste ano inclui sete deputados federais (entre 531) e nove senadores (entre 81).

 

Tríplice coroa

 

O deputado Fábio Trad é o único do Mato Grosso do Sul a constar, no mesmo ano, no topo da lista de três institutos que medem o desempenho de parlamentares. O Ranking dos Políticos (www.politicos.org.br) o qualificou como um dos três melhores do Brasil por meio de um sistema de pontuação que avalia a qualidade legislativa, os gastos, a assiduidade, fidelidade partidária e os processos judiciais.  

 

Em agosto último, eleito por júri especializado, formado por representantes de vários segmentos da sociedade, Fábio Trad recebeu pela segunda vez o prêmio Congresso em Foco, reconhecimento concedido anualmente aos parlamentares que mais se destacam no exercício do mandato.