“Sem liberdade de imprensa democracia definha”, diz Fábio Trad

Notícias

01/06/2011
“Sem liberdade de imprensa democracia definha”, diz Fábio Trad
“Sem liberdade de imprensa democracia definha”, diz Fábio Trad

“A imprensa livre é um dos mais fortes pilares do estado democrático de direito. Sem ela, a democracia se enfraquece, definha.”, disse hoje o deputado federal Fábio Trad (PMDB – MS) ao comentar o Dia da Imprensa, comemorado neste 1º de junho.

Para o deputado sul-mato-grossense, a imprensa livre é guardiã dos direitos civis e importante fiscalizadora da coisa pública. “Como disse hoje o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, o livre exercício da imprensa é a única maneira de o povo conservar a sua liberdade e poder julgar os seus governantes”, disse Trad. O deputado também destacou as palavras do vice-presidente do STF, ministro Ayres Britto, segundo quem a compreensão da ideia de liberdade de imprensa “ou é completa, como diz a nossa Constituição no artigo 220, parágrafo 1º, ou não existe liberdade!”.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – de cuja secional sul-mato-grossense Fábio Trad foi presidente do período de 2007 a 2009 – sustentou, por meio de seu presidente nacional, Ophir Cavalcante, que não se pode falar em democracia livre, sem uma imprensa com plena liberdade. Na sua avaliação, essa é uma equação direta. "As restrições que forem feitas a essa liberdade, são restrições contra a própria democracia. Os governantes têm que se acostumar a serem fiscalizados pela sociedade. E a imprensa exerce esse grande papel de fiscal da sociedade", destaca.